Parma acerta redução salarial de toda a estrutura da equipa principal

Em comunicado, o emblema italiano admitiu que a pandemia da Covid-19 está a provocar "danos económicos significativos"

• Foto: EPA
O Parma anunciou esta quarta-feira um acordo para uma redução de um mês de salário de toda a estrutura da equipa principal devido à crise provocada pela pandemia da covid-19.

A equipa italiana, onde alinha o internacional português Bruno Alves, refere que conseguiu chegar a um acordo unânime com equipa técnica, diretor desportivo, colaboradores e jogadores para uma redução equivalente a um mês de salário, com tudo incluído.

O Parma explica, em comunicado, que a pandemia da covid-19 está a impedir as atividades desportivas e a causar "danos económicos significativos", agradecendo a todos pela "responsabilidade" demonstrada num momento difícil.

Segundo os dados mais recentes, a Itália regista 21.067 mortos, em 162.488 casos de infeções confirmadas. É o país na Europa com maior número de vítimas mortais e o segundo no mundo, depois dos Estados Unidos.

A nível global, a pandemia de covid-19 já provocou quase 127 mil mortos e infetou mais de dois milhões de pessoas em 193 países e territórios. Mais de 428 mil doentes foram considerados curados.

Em Portugal, morreram 599 pessoas das 18.091 registadas como infetadas.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Itália

Notícias

Notícias Mais Vistas