Presidente da Sampdoria atira: «Os árbitros estão a viver a neurose do VAR»

Massimo Ferrero ainda não 'digeriu' golo anulado frente à Juventus

• Foto: EPA

Massimo Ferrero não se conforma, a Sampdoria podia ter saído de Turim com um empate a acabou por regressar a casa com uma derrota. Tudo porque no VAR anulou um golo em tempo de descontos no jogo frente à Juventus.

"O VAR não pode ser o protagonista", disse o presidente do clube à agência Ansa. "Quando vamos ao estádio sabemos que há a possibilidade de vermos dois jogos, um no campo e outro na televisão. Há que dar confiança aos árbitros. Todos queríamos o VAR, é verdade, mas apenas para ser uma ajuda."

E prosseguiu: "Agora temos um problema, interrompe-se o jogo seis ou sete vezes por episódios menores e progressivamente o árbitro vai perdendo autoridade. Na minha opinião os árbitros estão a viver a neurose do VAR, que está a tornar-se mais num instrumento de interpretação, em vez de ser um instrumento de objetividade. Parece que em vez de irmos a um jogo de futebol vamos ao cinema."

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Itália

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0