Quando o castigo por um penálti 'à Panenka' é... assinar pela Juventus

Matheus Pereira ficou "marcado" no Corinthians

Os castigos podem ser oportunidades. Matheus Pereira é disso exemplo: "marcado" no Corinthians pela grande penalidade falhada na final da Copa São Paulo de juniores, o médio ofensivo de 18 anos foi autorizado pelo clube a deslocar-se a Itália para negociar com a Juventus.

Matheus Pereira transitou para a equipa principal do Corinthians na passada temporada, mas Tite, o responsável técnico, só o utilizou em três jogos, com a comunicação social brasileira a sublinhar que as decisões do treinador não podiam ser dissociadas da fatídica "cena" ocorrida a 25 de janeiro, diante do Flamengo, no desempate por grandes penalidades.

Não foi um falhanço qualquer. Matheus Pereira, autor de um dos golos no decorrer do jogo (2-2), correu, fez a "paradinha" e tentou o Panenka... enviando a bola por cima da baliza. Pelo Timão falharam depois também Gabriel e Claudinho - imitados pelos adversários Kleber e Thiago -, mas para a história ficou aquela "panenkada", que terá valido agora este "castigo".

Para ficar com o médio ofensivo, a Juventus deverá pagar 2,5 milhões de euros, mas a verba não irá toda para o Corinthians. Neste capítulo do negócios, vale a pena destacar Fernando Garcia, um ex-conselhiro do clube paulista que detém 40 por cento dos direitos económicos do futebolista.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Itália

Notícias

Notícias Mais Vistas