Record

“Ronaldomics” faz duplicar avaliação da Juventus

Banco de investimento IMI duplicou mesmo a avaliação das acções do clube italiano

Cristiano Ronaldo pode já não ser oficialmente o melhor jogador de futebol da Europa, mas o estrelado social do atleta de 33 anos sugere que pode ser a chave para a Juventus diminuir a distância dos seus rivais mais ricos, de acordo com um analista.

A pessoa mais seguida no Instagram em todo o mundo, que estava nomeado para a Bola de Ouro e que a perdeu para o ex-colega do Real Madrid Luka Modric, poderá triplicar as vendas de camisolas do clube italiano até 2022. Ao mesmo tempo poderá ajudar a aumentar em 60% as receitas de patrocínios, através de acordos com marcas como a Adidas, revelou o analista Alberto Francese, da Banca IMI.

O banco de investimento, que também fornece serviços à Juventus, melhorou a recomendação para as acções do clube para "compar", numa nota intitulada "Ronaldomics", onde duplicou a avaliação da cotada para 1,40 euros.

Mas os investidores devem ser alertados: a fama do Instagram pode não ser eterna. "Se a popularidade actual de Cristiano Ronaldo nas redes sociais se desvanecer, pode afectar o potencial comercial no qual a Juventus está agora a capitalizar", salienta o mesmo analista.

As acções da Juventus dispararam mais de 8% para 1,189 euros.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Itália

Notícias

Notícias Mais Vistas