Rolando Maran deixa italianos do Génova

Treinador dispensado quatro meses depois de ter assumido funções

• Foto: EPA

O Génova anunciou esta segunda-feira que o treinador Rolando Maran foi afastado do comando técnico da equipa da Liga italiana, quatro meses depois de ter assumido funções.

"O Génova anuncia que dispensou de funções o treinador Rolando Maran. O clube agradece ao técnico e à sua equipa pelo empenho", refere o emblema genovês em comunicado, um dia depois de sofrer nova derrota no campeonato na visita ao Benevento (2-0).

Maran, de 57 anos, assumiu funções em agosto, mas não resistiu aos maus resultados. O Génova está em 19.º e penúltimo lugar do campeonato, com sete pontos, a quatro das primeiras equipas acima da zona de despromoção.

O clube italiano sofreu no domingo a sua oitava derrota na competição, na qual apenas tem uma vitória, na primeira jornada, em setembro, na receção ao Crotone (4-1), atual último classificado na Liga italiana.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Génova

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.