Ancelotti aplaude Mourinho na Roma: «Vai trazer entusiasmo, conhecimento e personalidade»

Treinador italiano deseja sucesso ao Special One, com quem diz ter um "relacionamento maravilhoso"

• Foto: Getty Images

José Mourinho vai treinar a Roma a partir da próxima época e o anúncio feito pelo emblema italiano, na terça-feira, não deixou de ser surpreendente. Que o diga Carlo Ancelotti, que em entrevista ao 'Corriere dello Sport' aborda o novo desafio do Special One e deseja os maiores sucessos ao técnico português, com quem diz ter uma relação de grande proximidade. 

"Eu não esperava, ninguém esperava... Mourinho vai trazer entusiasmo, conhecimento e personalidade. É um ótimo treinador. Tenho um relacionamento maravilhoso com ele, é um amigo de há muitos anos. Agradeceu-me imediatamente pela mensagem que lhe enviei e pelos elogios", diz o italiano, que orienta o Everton.

Ancelotti, que nunca treinou a Roma mas jogou pelos giallorossi durante oito épocas na década de 80, aproveita para voltar a dirigir-se a Mourinho: "Estou feliz porque vais treinar uma equipa com a qual me preocupo muito. A minha Roma. Os adeptos vão adorar". 

O treinador italiano lamenta ainda que Mourinho não tenha sido bem sucedido em Londres. "O Tottenham esperava ficar nos quatro primeiros, não teve sucesso e foi por isso que mandou embora Pochettino. Mourinho teve de lidar com muitas lesões. Em Manchester não se tinha saído mal, ganhou a Liga Europa e entrou na Liga dos Campeões...", sustenta, considerando que o novo desafio do técnico português pode ter semelhanças com a sua própria etapa no Nápoles, em 2018, após a saída do Bayern Munique. "No final de contas, o que interessa é a vontade de treinar. Ninguém gosta de ficar parado por muito tempo, o desejo é sempre estar no campo. Roma e Nápoles são clubes importantes. Como em qualquer empresa que se preze, também no futebol o resultado final deve estar relacionado com as expectativas iniciais. Há equipas que têm a obrigação de lutar e vencer 'scudetto', outras querem chegar aos quatro primeiros e outras só têm um objetivo: manter-se", conclui o técnico italiano, de 61 anos.

Por André Antunes Pereira
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Roma

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.