Deixou uma mulher no altar e outra grávida em casa: em Itália dizem que Allegri só é fiel à Juve

Nova traição do treinador dos bianconeri, que é conhecido como o 'playboy de Livorno', faz furor na imprensa cor de rosa do país

A mais recente traição de Massimiliano Allegri tem feito furor na imprensa italiana, que fala do treinador da Juventus como um 'playboy' com uma vida amorosa muito atribulada.

A revista italiana 'Chi' deu conta da separação de Allegri da atriz Ambra Angiolini, devido a uma alegada infidelidade do treinador. Depois de uma relação de quatro anos, ela ter-se-ia mudado de Brescia para Milão, para estar mais perto de Max, mas ele deixou de aparecer e Ambra não tardou a perceber que o companheiro tinha outra mulher.

Segundo o site 'calciomercato.com', Allegri, de 54 anos, só consegue ser fiel à 'Vecchia Signora', pois esperou dois anos para voltar a treinar a Juventus depois de ter sido despedido.

Conta a mesma publicação que a fama de mulherengo do treinador remonta aos tempos da sua juventude. Allegri deixou uma noiva no altar, mas acabou por casar, com outra, em 1994. Jogava no Cagliari quando tornou Gloria na sua primeira mulher oficial; com ela teve uma filha, Valentina.

Mas ao fim de apenas quatro anos de casamento, Max conheceu Claudia, com quem iniciou uma nova família. Esteve com ela 8 anos e da relação nasceu Giorgio, mas esta não era ainda a sua cara-metade... 

Deixou a companheira grávida para se juntar com Gloria, uma ex-coelhinha da Playboy, 19 anos mais nova do que ele. Uma história de amor que não foi para toda a vida, pois durou apenas 24 meses... 

Agora, deixou Ambra, aparentemente para se juntar a outra mulher, cuja identidade é ainda desconhecida. Mais um capítulo que se fecha, e outro que se abre, na vida amorosa do 'playboy de Livorno'...

Por Record
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Jogo da Vida

Notícias