Megan Rapinoe não canta hino no Mundial

É daquelas entrevistas que leva qualquer supremacista a um ataque de nervos. Megan Rapinoe, capitã da seleção norte-americana de futebol feminino, disse que não cantará quando tocar o hino dos EUA no Mundial de França, que arranca a 7 de junho, face à presidência de Trump. "Considero que faço parte do protesto", afirmou a atleta.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Jogo da Vida

Notícias