Moradia de luxo no Gerês que Ronaldo vendeu a Pepe já não vai ser demolida

Craque só tinha autorização para construir 270 m2, mas acabou por edificar 366,80 m2

• Foto: Reuters
Cristiano Ronaldo construiu a moradia de luxo do Gerês sem ter autorização para um projeto daquela envergadura e, não fosse pelo facto de os crimes - falsificação e violação de regras urbanísticas -, já terem prescrito [em 2018 e 2019, respetivamente], o craque seria agora obrigado a demolir a mansão, que em 2019 vendeu ao colega Pepe por 2,5 milhões de euros, segundo o Correio da Manhã.
Por Correio da Manhã
26
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Jogo da Vida

Notícias