Record

Príncipe Carlos: «Não sou assim tão estúpido»

Garante que "não vai ser intrometido" quando subir ao trono

Herdeiro do trono britânico, o príncipe Carlos garante que tem consciência das diferenças entre o papel de filho de Isabel II e príncipe de Gales e o papel de soberano. E afasta qualquer possibilidade de ser activista ou dar a sua opinião constantemente sobre temas polémicos.

"Não, não vou ser intrometido. Não sou assim tão estúpido. Eu compreendo que ser um soberano obriga a uma forma de actuar diferente. Por isso, é óbvio que entendo absolutamente como tudo funciona", disse durante um documentário realizado pela BBC em honra do seu 70º aniversário, que se celebra a 14 de novembro, Prince, Son and Heir, Charles at 70 (Príncipe, Filho e Herdeiro, Carlos aos 70).

"Decididamente, quando for rei não farei as mesmas coisas que faço enquanto herdeiro e, assim sendo, vou actuar de acordo com os parâmetros constitucionais", acrescentou Carlos, alvo de muitas críticas pelas suas campanhas em questões como o cultivo de produtos geneticamente modificados, a medicina integrada ou as mudanças climáticas. "É vital lembrar que só há espaço para um soberano de cada vez, não dois", recordou durante a mesma conversa, assegurando que procurou sempre ser um político não-partidário.

No mesmo documentário, a duquesa da Cornualha e mulher de Carlos, Camilla Parker Bowles, defendeu que a subida ao trono não vai ser "um peso nos ombros" do príncipe de Gales. "É apenas algo que vai acontecer", considerou.

O documentário é exibido esta quinta-feira, pelas 20 horas, na BBC.

Autor: Sábado

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Jogo da Vida

Notícias
M