Racismo nos Philadelphia 76ers

Yahne Coleman, antiga 'cheerleader’, denunciou o caso

Os Philadelphia 76ers vão investigar as denúncias de racismo e de assédio moral a uma das antigas ‘cheerleaders’ da equipa da NBA. Yahne Coleman denunciou o caso na terça-feira, com uma extensa declaração publicada no Instagram.

A modelo afirmou que era “racialmente excluída, intimidada e ameaçada”, não apenas pelas suas companheiras, mas também por membros da equipa técnica das Sixers Dancers. No vídeo que acompanha a declaração, uma das bailarinas dirige-se a ela com palavras racistas.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Jogo da Vida

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0