Serena Williams sai em defesa de Meghan Markle: «O racismo é usado para nos minimizar»

Tenista mostra-se solidária depois da entrevista que o príncipe Harry e a mulher deram a Oprah

A entrevista que Meghan Markle e o príncipe Harry deram a Oprah causou um verdadeiro tsunami em Inglaterra, mas do outro lado do Atlântico a duquesa de Sussex recebeu o apoio da amiga Serena Williams.

Meghan contou à conhecida apresentadora que foi vítima de racismo por parte da família real britânica, que chegou a mostrar preocupações relativamente à cor da pele do bebé do casal quando ela ainda estava grávida. Meghan, que tem raízes afroamericanas, admitiu que chegou a ponderar o suicídio.

Serena Williams solidarizou-se com a amiga e nas redes sociais disse saber bem o que é o racismo. A tenista deixou uma mensagem à duquesa.

Leia o post de Serena Williams na íntegra:

"A Meghan Markle, minha amiga altruísta, vive a sua vida - e lidera pelo exemplo - com empatia e compaixão. Ela ensina-me todos os dias o que significa ser verdadeiramente nobre. As suas palavras ilustram a dor e a crueldade por que passou.

Conheço, por experiência própria, o sexismo e o racismo que as instituições usam para denegrir mulheres e pessoas de cor, para nos minimizar, para nos quebrar, para nos demonizar. Temos a obrigação de desacreditar rumores maliciosos e infundados, bem como o jornalismo dos tablóides. As consequências da opressão sistemática e da vitimização ao nível da saúde mental são devastadoras e por vezes letais."  

Por Record
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Jogo da Vida

Notícias