A receita do vencedor da Liga Record 2009/10: «Cardoso e Saviola fundamentais para ganhar»

Armando Carvalho recorda título de campeão

Armando Carvalho em 2010
Armando Carvalho em 2010 • Foto: Tiago Costa

Record - Venceu a Liga Record na época 2009/10, o que recorda dessa conquista?

Armando Carvalho - Recordo que até foi uma vitória relativamente fácil. Correu muito bem essa época. Cheguei ao primeiro lugar da classificação acumulada no início da 2ª volta do campeonato e nunca mais saí de lá. Acabei por vencer com uma vantagem tranquila.

R - Quem foram os jogadores mais influentes para esse triunfo?

AC - Cardozo e Saviola. Marcaram muitos golos e eu tinha os dois, bastava ter um deles a capitão e eram sempre pontuações altas. Foi o ano do primeiro título do Jorge Jesus no Benfica, quem apostasse em jogadores deles tinha boas pontuações. 

R - Continua a jogar na Liga Record?

AC - Sim, claro, isto é um bichinho que não passa. Estou com umas 100 equipas e continua a ser um dos meus hobbies, passo muito tempo com a Liga Record mas como é por gosto...

R - Está a correr bem esta época?

AC - Mais ou menos. Até nem comecei bem mas tenho vindo a recuperar e neste momento estou com uma equipa precisamente em 100º, a uns 60 pontos do primeiros. Ainda é uma distância mas é recuperável, basta correr muito bem duas ou três semanas, isto se o campeonato voltar, espero que sim. 

R - Uma das hipóteses é as 10 jornadas que faltam se disputarem em um mês e meio, mais ou menos, duas jornadas por semana. Vai dar muito trabalho se for assim.

AC - Um pouco mas como estou reformado, tenho muito tempo livre para me dedicar à Liga Record, com certeza vou conseguir gerir as equipas. Espero que a Liga se dispute até ao fim, sem colocar em risco a saúde de alguém, claro.

Por Miguel Amaro
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Liga Record

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0