Record

Francisco Moita Flores escolheu uma equipa forte e muito em conta

Diz que não é especialista em futebol mas aceitou o desafio de eleger um onze

Escritor, investigador, antigo inspetor da Polícia Judiciária e político, chegando a ser presidente da Câmara Municipal de Santarém, com bacharelato em Biologia e licenciatura em História, Francisco Moita Flores parece ser, pelo currículo acima apresentado, a pessoa indicada para falar dos mais variados temas. E é, como provou ao longo das duas últimas décadas em programas na televisão, tornando-se conhecido da maioria dos portugueses. No entanto, como se prova no até agora anunciado, o futebol não consta nas suas especialidades.

Moita Flores não se considera um perito mas gosta do desporto-rei e acompanha-o desde sempre, ao futebol e ao Sporting, o seu clube de eleição. Por isso, conhece a maioria dos jogadores da Liga NOS, como provou ao escolher um onze com a nossa lista da Liga Record.

"Sou sportinguista mas não sou fanático, reconheço os bons jogadores nas outras equipas, acho que consigo fazer uma boa equipa sem ultrapassar o orçamento", explicou, enquanto já fazia contas de cabeça ao olhar para os preços dos craques.

"Na baliza podia ser o Vlachodimos mas é muito caro, por isso escolho o Salin, que tem estado bem nestas primeiras jornadas", justificou. O quarteto defensivo também foi fácil, aliando a experiência de alguns consagrados à juventude de Rúben Dias. "O Coates tem de entrar e o André Almeida também, pois jogam sempre", referiu.

Passando para o meio-campo, o antigo inspetor da PJ provou que em poucos minutos já tinha delineado um plano para formar um quarteto forte e que não fizesse disparar o orçamento: "Quanto custa o Herrera? Cinco e meio? É muito, mas compenso no preço do Gedson, que está barato e tem de entrar. O Palhinha também, gosto muito, e já é titular no Sp. Braga. Assim consigo colocar estes três e o Battaglia."

No ataque, Moita Flores já não tinha orçamento para Bas Dost, mas rapidamente traçou um plano. "Para poder colocar um dos mais caros é preciso descobrir um goleador barato... Dyego Sousa, é mesmo ele. Faz dupla com Aboubakar e fica um ataque para marcar muitos golos", rematou.
Por Miguel Amaro
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Liga Record

Notícias
M