Liga Record: Rodolfo Reis aposta em onze equilibrado para ser campeão

O eterno capitão do FC Porto sem dúvidas relativamente ao poderio dos jogadores que incluiu na sua equipa

• Foto: Peter Spark / Movephoto

Rodolfo Reis, o eterno capitão do FC Porto, aceitou com agrado o desafio de construir uma equipa para a Liga Record e fez logo questão de indicar as suas prioridades: "Uma equipa tem que ter um grande guarda-redes, custe o que custar, um defesa-central excecional, o trinco é de capital importância para dar cobertura aos centrais, e um ponta-de-lança versátil, que faça golos, completo."

Nesse sentido, indicou Diogo Costa, que é "o melhor guarda-redes português e já um dos melhores da Europa"; Pepe, "se calhar o melhor central do Mundo"; Al Musrati, "um jogador fiável, que ocupa bem os espaços e tem sentido de jogo"; e Taremi, "o melhor ponta-de-lança a jogar em Portugal". Uma base que, sustentada por outros consagrados como Otávio e Pepê, e jovens promissores do V. Guimarães, como Mumin, André Almeida e Jota Silva, leva o antigo treinador e atual comentador da CMTV a ter a certeza de que "se esta equipa não tivesse lesões, lutava pelo título. Tem qualidade e é equilibrada".

Por Rui Sousa
2
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

Ultimas de Liga Record

Notícias