Paulo Monteiro: «Pizzi a capitão foi chave»

É do Sporting, mas agradece ao Benfica pelo primeiro prémio semanal ganho

• Foto: Bruno Teixeira Pires

Para ter sucesso no futebol é preciso colocar os clubismos de parte e na Liga Record é igual. O treinador de bancada Paulo Monteiro, apesar de sportinguista, apostou numa equipa com seis jogadores do Benfica e isso valeu-lhe a conquista do primeiro prémio semanal desde que participa no concurso.

"O Sporting está em crise e os jogadores sem confiança, por isso não confio neles. O Benfica está em forma e é a equipa que sofre menos golos, por isso é que apostei na defesa toda e no Pizzi, que foi a chave sendo capitão. Como ele está este ano, parece que um golo está sempre garantido", explica, não descartando uma mudança de paradigma: "Se o Sporting vier a subir de forma nos próximos meses pode ser que a minha equipa fique um bocadinho mais verde."

Este concorrente, que já ganhou uma mota resultante de um segundo lugar no acumulado da Liga Record, agradece ainda os golos dos dois avançados que tinha no onze. "O Galeno e o Sandro Lima jogaram muito bem e, acima de tudo, marcaram e deram-me bons pontos. Também foram importantes", atira Paulo Monteiro, satisfeito.

Por Pedro Filipe Pinto
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Liga Record

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.