ABC na fase final com os ‘grandes’

Histórico clube de Braga encerra fase regular com vitória e regressa ao Grupo A do Campeonato

• Foto: José Reis / Movephoto

O histórico ABC, a única equipa portuguesa que conta no currículo com uma final da Liga dos Campeões (1994), está de regresso ao Grupo A do campeonato, que contemplará a luta entre os seis primeiros da fase regular, a transitarem para a série do título com metade dos pontos amealhados. Na 26ª e última jornada, a turma de Braga recebeu e venceu (29-22) ontem o Maia ISMAI e galgou ao sexto posto, ultrapassando o FC Gaia (campeão da 2ª Divisão), uma das sensações da prova, mas incapaz de resistir (35-38) na receção ao mais experiente Águas Santas.

No Pavilhão Flávio Sá Leite, o ABC tomou conta do jogo nos minutos finais da primeira parte, chegando ao intervalo em clara vantagem (17-12). O Maia ISMAI reagiu e chegou a aproximar-se após o reatamento (20-19), mas a jogar em casa a equipa do Minho selou a vitória sem problemas. Hugo Rocha (7 golos), André Rei (6) e João Fernandes (5) foram os trunfos do técnico Jorge Rito.

Quanto às equipas favoritas ao título, esta derradeira ronda da fase regular não trouxe surpresas, pois o campeão FC Porto cilindrou (38-19) o Avanca, o Sporting foi vencer (26-18) o Boavista e o Benfica ganhou (27-19) no reduto do Boa Hora.

Já o Belenenses, também regressado ao Grupo A, conservou o quarto posto, ao receber e bater (33-27) o Vitória de Setúbal.

O Grupo A, com sorteio no dia 11, fica assim escalonado: 1º FC Porto (39 pontos), 2º Sporting (38), 3º Benfica (34), 4º Belenenses (29), 5º Águas Santas (28) e 6º ABC (27). As restantes equipas vão com metade dos pontos para o Grupo B (permanência).

Por Alexandre Reis
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Andebol

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.