Carlos Resende ambiciona titulo nacional

Treinador do Benfica também quer ir mais longe com o Benfica

• Foto: DR Record

O treinador do Benfica, Carlos Resende, revelou esta quarta-feira os dois objetivos fulcrais dos 'encarnados' para a nova temporada, assegurando não estranhar a pressão imposta no seu novo clube.

"Estamos a iniciar um trajeto e todos queremos que seja um trajeto de sucesso, no qual procuramos ganhar títulos. Um objetivo perfeitamente válido que passa por ganhar os títulos em Portugal e passar a fase de grupos da Taça EHF, porque entendemos que não chega só chegar a essa fase", começou por dizer o treinador que esteve durante seis épocas no ABC.

Na apresentação do plantel 'encarnado', que decorreu na sala de conferências do Estádio da Luz, em Lisboa, Carlos Resende deixou claro que "ficaria preocupado senão colocassem pressão" para conquistar títulos e assegurou que "não basta fazer bem, mas sim fazer muito bem rapidamente".

Por outro lado, o antigo técnico dos bracarenses reconheceu que está contente com os andebolistas que tem na equipa, sublinhando o equilíbrio conseguido para atacar um título que foge desde 2008.

"Estou extremamente satisfeito com o plantel. Não tenho tudo aquilo que gosto na vida, mas gosto muito de tudo aquilo que tenho. O Benfica não é um clube que pode construir um plantel com o Paris Saint-Germain. Temos um plantel equilibrado com jogadores de que gosto", explicou.

Carlos Resende frisou ainda que lhe dá mais "prazer ver um atleta jovem transformar-se num valor e integrar a equipa".

Por fim, o treinador das 'águias' realçou a importância de Portugal ter um campeonato competitivo e deixou um recado aos outros clubes portugueses.

"As outras equipas não conheço tão bem. Para que nós tenhamos competição temos de ter um grande número de equipas fortes e seria importante termos 14 equipas a lutar pelo título, mas temos é de nos preocupar com a nossa qualidade", terminou.

O Benfica conta com nove elementos novos no plantel, entre eles João Silva, que chega do Chamberry (França), Pedro Seabra e Ricardo Pesqueira, do ABC, Gonçalo Nogueira, do Alto do Moinho, Miguel Espinha, proveniente do Belenenses, e os jovens da formação André Alves, Francisco Ferreira, Pedro Santana e Diogo Valério.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Andebol

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.