Jogador do Sp. Horta "estável" mas continua nos cuidados intensivos

Informou o vice-presidente do clube

• Foto: DIREITOS RESERVADOS

O vice-presidente do Sporting da Horta Jorge Rosa disse esta quinta-feira à agência Lusa que o andebolista João Sousa apresenta um quadro "estável", mas continua nos cuidados intensivos do Hospital São João, no Porto, após ter sofrido uma paragem cardíaca na quarta-feira.

"O João Sousa está internado nos cuidados intensivos. Felizmente o atleta está vivo, já fez exames ao coração, tem o coração em bom estado. É, no entanto, uma situação delicada, continua com prognóstico reservado e agora é preciso é fazer mais exames, para se perceber a causa deste incidente e para se perceber se há mazelas e se vai ficar completamente bom, que é o que toda a gente quer", afirmou o responsável pelo andebol do Sporting da Horta.

Na quarta-feira à noite, no terceiro minuto de jogo com o ISMAI, na Maia, da 4.ª jornada do campeonato nacional, o jogador da equipa açoriana sofreu uma paragem cardiorrespiratória e caiu inanimado quando se dirigia para o banco para cumprir uma exclusão de dois minutos. O jogo foi interrompido e não foi retomado.

Jorge Rosa sublinha que o jogador luso-brasileiro, de apenas 21 anos e que integrava a equipa desde a época passada, "é um atleta normalíssimo, com muito potencial e cheio de vida" e que não havia qualquer indicação de que tivesse algum problema de saúde.

O dirigente da equipa de andebol da ilha do Faial, nos Açores, refere que a equipa "ficou de rastos" com o sucedido e que entretanto já regressou à Horta para preparar o jogo de sábado, em casa, frente ao Sporting, marcado para as 21 horas locais (22 em Portugal Continental).

Por Lusa
4
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Andebol

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0