Nikola Karabatic fez recuperação relâmpago e junta-se à França no Mundial

Melhor jogador do Mundo foi operado ao pé direito em outubro mas recuperou em três meses

• Foto: Getty Images

O internacional francês, Nikola Karabatic, já se encontra em Berlim, juntando-se aos campeões gauleses na defesa do título no Mundial da Alemanha e Dinamarca.

Operado ao pé direito em outubro, o melhor jogador do mundo deveria estar recuperado apenas em fevereiro, falhando o Mundial, mas a vontade de jogar parece ter superado a fratura, pois como é óbvio Karabatic não se juntou à sua seleção para ver os jogos nas bancadas.
 
Fabrice Bryant, antigo médico no Nantes, analisou a recuperação do grande trunfo da França: "Os atletas de topo são realmente fenómenos. Neste tipo de patologia complicada, longa e dolorosa, uma pessoa levaria em média seis meses a recuperar e como profissional de alta competição pelo menos quatro. Ao recuperar em três meses significa que tem uma capacidade extraordinária de recuperação e uma mentalidade diferente dos outros atletas."

Esta capacidade de Karabatic não é inédita, pois o seu agente Bhakti Ong, conta uma história semelhante sobre o primeira linha: "Quando jogava no Kiel, ainda um rookie meio louco, deu um pontapé no banco e quando os jogadores regressaram aos balneários no intervalo todos perceberam que tinha um dedo partido. O sapato foi aberto, o pé anestesiado e jogou todo o jogo. Mentalmente, ele é uma máquina de guerra." 

Já Karabatic está feliz por esta oportunidade: "Mesmo que o meu papel seja pequeno no seio da equipa, ficarei muito feliz por jogar o Mundial. O processo de recuperação foi muito mais rápido do que o previsto."

Esta situação também afeta Portugal, pois a Seleção joga com a França em fevereiro na qualificação para o Europeu'2020 e, de certo, vai ter pela frente o colosso francês.

Por Alexandre Reis
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Andebol

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.