Record

Nikola Karabatic: «Foi uma semana difícil mas Portugal joga bem»

Ficou impressionado com o desempenho da Seleção frente à França

• Foto: Getty Images

Nikola Karabatic é um nome incontornável no andebol mundial e em França é um autêntico ícone nacional. No final da partida deste domingo frente a Portugal, em Estrasburgo, o lateral-esquerdo esteve mais de meia hora para sair do recinto de jogo, tal foi o ‘assédio’ de que foi alvo para distribuir autógrafos e tirar selfies, perante uma multidão completamente histérica que o aguardava.

Este Ronaldo do andebol, numa modalidade muito popular entre os gauleses, transfigurou a França em Estrasburgo, depois da derrota (27-33) da sua equipa em Guimarães – viu o jogo da bancada por estar ainda a recuperar de uma lesão -, pois foi dele o primeiro golo na vitória (33-24) frente a Portugal, acabando por marcar 5 golos (71% de eficácia) e galvanizar ‘Les Experts’, que quebraram a resistência da Seleção Nacional nos minutos finais, rumo a uma vitória que acabou por redimir a equipa.

Impressionado

Karabatic, que nasceu na Sérvia há 33 anos, mudando-se para França aos três anos, e que pôs a hipótese de abandonar o andebol depois dos Jogos Olímpicos de Tóquio’2020, ficou impressionado com a oposição da Seleção Nacional, ele que está ligado de forma impressionante aos títulos mundiais (tem quatro), europeus (3) e olímpicos (2) dos Bleus: "O jogo frente a Portugal foi de alto nível. Depois de perdermos em Guimarães, tivemos uma semana difícil, mas temos de reconhecer que Portugal joga muito bem. Perdermos é algo que acontece muito raramente, pelo que foi muito complicado conviver com a situação. Aprendemos todos os dias e já não podemos encarar este adversário como uma equipa pequena, pois equilibrou todo o encontro e mostrou muita qualidade. Reagimos e isso foi bom", reconheceu, após o jogo em Estrasburgo.

A França passou a liderar o Grupo 6 de qualificação para o Europeu’2020, em igualdade pontual com Portugal, após quatro jornadas. Em junho há mais, com portugueses e gauleses a precisarem apenas de um ponto para se apurarem, defrontando ambas a Lituânia e a Roménia na derradeira fase de apuramento rumo ao Euro.

Por Alexandre Reis
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Andebol

Notícias

Notícias Mais Vistas