Presidente da EHF diz que Jogos Olímpicos na primavera de 2021 "não é opção desejável"

Michael Wiederer defende que tal afetaria dramaticamente todas as provas

O presidente da Federação Europeia de Handebol (EHF), o austríaco Michael Wiederer defendeu que a realização dos Jogos Olímpicos de Tóquio na primavera de 2021 "não é uma opção desejável", numa entrevista publicada esta sexta-feira no sítio do organismo.

"Um calendário internacional estável é essencial para a organização de competições nacionais e europeias. O agendamento dos Jogos na primavera de 2021, no meio da temporada, afetaria dramaticamente todas as provas", afirmou Michael Wiederer.

O dirigente aponta, por exemplo, o impacto negativo que as novas datas dos Jogos Olímpicos de Tóquio teriam no Mundial de andebol do Egito, agendado para 2021, pelo que considera que a sua realização na primavera do próximo ano "não é uma opção desejável".

O andebol europeu adiou todas as suas competições até junho, se a crise do novo coronavírus (Covid-19) permitir que nessa altura possam ser retomadas, pelo que o final da temporada de 2019-20 pode levar apenas algumas semanas antes do início da de 2020-21.

"É óbvio que não jogar gera despesas sem receita. Foi por isso que fomos os primeiros a definir uma nova data e faremos tudo o que for possível para organizar todos os nossos eventos, que são a montra do andebol", disse Michael Wiederer.

A confirmação do adiamento dos Jogos Olímpicos Tóquio2020 surgiu na terça-feira, após a pressão de vários organismos e instituições, através de um comunicado conjunto do Comité Olímpico Internacional (COI) e do Comité Organizador dos Jogos.

A decisão do adiamento, de acordo com o COI e o Comité Organizador, foi tomada "para salvaguardar a saúde dos atletas, de toda a gente envolvida nos Jogos Olímpicos e da comunidade internacional".

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Andebol

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0