«Querem a taça? Tomem!»: resposta de Ruesga a Quintana leva jogador do FC Porto a lembrar Cashball

Central do Sporting comentou publicação do guarda-redes dos dragões que acabou por ripostar de novo

Alfredo Quintana, guarda-redes do FC Porto e da Seleção, voltou a criticar a decisão da Federação de não ter atribuído o título de andebol. Num longo post no Instagram, o jogador não se poupou nas palavras que acabaram depois por levar à reação do jogador do Sporting, Carlos Ruesga.

"Queremos comparar Portugal à grande Europa do andebol, onde os clubes foram declarados campeões, mas depois somos pequeninos nas decisões! Em Portugal falta coragem para reconhecer mais uma vez o nosso mérito. Valorizam o nosso trabalho na seleção, mas desprezam-no no clube! A incoerência com que se utiliza o critério da classificação no momento da suspensão da competição: por um lado indicam-nos para representar Portugal na Champions, por outro não nos atribuem o título de Campeão Nacional. Fomos a equipa mais regular durante as duas voltas primárias e para nós, Futebol Clube do Porto, somos os vencedores por mérito próprio do campeonato nacional 19/20. Resta-nos fazer as nossas próprias medalhas bem como a nossa taça e festejar em família. Somos Porto", escreveu Quintana, horas depois de já se ter pronunciado também sobre o tema.

Ora, Carlos Ruesga, central do Sporting, respondeu à publicação de Quintana. "Em primeiro lugar parabéns pela excelente época! O que vou escrever agora também o pensaria na vossa situação, porque lutar agora por uma decisão depois de ter ficado em casa há quase 2 meses sem poder treinar e jogar não faz sentido. Querem a taça? Tomem-na! Parabéns! [emoji de uma taça]. Acho que agora há coisas muito mais importantes. Numa situação que nunca antes tinha acontecido e que ainda não sabemos quando voltaremos à 'normalidade', até hoje +25.543 [Espanha] +973 [Portugal], por isso para mim o mais importante agora é a saúde das pessoas, lutar por superar esta situação e não pelas taças e que voltemos a fazer o que mais gostamos (nós no campo e os nossos adeptos na bancada) JUNTOS! Se vocês tivessem sido declarados campeões não me chocava pelo que aconteceu nos outros (alguns) países, mas agora este espectáculo é mesmo triste.
Amigo, tem que ser um exemplo para muitos miúdos, e respeitar as decisões acho que é importante para todos eles (também quando não gostamos delas). Isto nada tem a ver com os valores do desporto. É a minha humilde opinião. Parabéns mais uma vez pela vossa época 2019/2020. Até a próxima! Abraço", comentou o jogador dos leões, que viu Quintana responder de imediato, 'lembrando' o processo Cashball.

"Obrigada. Claro que é a tua opinião e eu respeito mas uma coisa não tem a ver com a outra. Claro que, como atleta, o que mais quero é que o mundo recupere e possamos voltar à normalidade, que as crianças tenham um bom exemplo como atleta e pessoa, mas isso não tira a realidade das coisas. Não é a primeira vez que a federação toma a decisão erra contra nós e queres que fique calado? Não amigo, se fosse ao contrário e eles tivessem atribuído o título. A federação não nos respeita, só interessamos quando jogamos pelo país. Mas digo-te mais: quando foi a situação do cashball a federação não disse nada (se foi verdade ou não não interessa) mas eles têm de dar uma explicação ao resto das equipas, mas o que fizeram eles? Zero, nada. O ano passado ganhámos tudo a nível nacional e a equipa designada pela federação foi a vossa e agora temos de nos calar só porque estamos numa situação adversa? Não amigo, e não é por uma questão de nos darem o troféu, é mais para que nos respeitem, uma coisa que a federação não faz. Jogar com a camisola do Porto é mais difícil do que imaginas (por muitos factores). Se Deus quiser no ano que vem estamos em campo. Cuida-te", concluiu.

20
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Andebol

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0