Ricardo Costa e a situação de seis-contra-dois: «Tenho que lhes puxar as orelhas»

Treinador do FC Porto também não gostou de ver a sua equipa passar de uma vantagem de 4 golos para um empate

• Foto: Manuel Araújo

O treinador do FC Porto não perdoou os seus jogadores - a quem deu os parabéns pela vitória alcançada este sábado - pela falta de rigor demonstrada no momento em que estiveram em clara superioridade numérica - seis-contra-dois - frente ao Sporting.

"Os meus atletas estão de parabéns por aquilo que fizeram, mas há dois momentos em que tenho que lhes puxar as orelhas. Um deles é quando estamos seis contra dois. Não se podia ter cometido tantos erros e outro é quando passamos de uma vantagem de quatro para uma situação de empate", assumiu Ricardo Costa, reconhecendo que as adaptações que teve de fazer, devido à lesão de Nicola Spelic, tiveram efeito negativo no rendimento da equipa.

"Tivemos de adaptar-nos à perda que tivemos durante a semana. Foi um jogo complicado nesse sentido, porque a equipa se sentiu desconfortável por não ter a habitual referência. Tivemos que jogar com outras armas", assumiu o técnico portista, argumente que no encontro da 9.ª jornada do Campeonato de Andebol 1, o FC Porto foi "a melhor equipa dentro de campo" e mereceu a vitória.

Numa análise mais profunda às incidências da partida, Ricardo Costa lembrou que o jogo do FC Porto "é aquele que toda a gente sabe": "Um jogo organizado, que procura os espaços e as situações de um contra um" e que até permite correr alguns riscos.

"Tivemos que arriscar, arrisquei muito e tirei o guarda-redes Hugo Laurentino", concluiu o treinador dos dragões, que prossegue invicto no comando da classificação.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Andebol

Sporting ataca Europa

Treinador Rui Silva está confiante para o jogo de hoje na Suécia, frente a adversário de qualidade

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.