Seabra ganha bónus e junta-se à seleção

Central do ABC fez grande exibição na conquista da Taça e Paulo Pereira chamou-o

• Foto: MoveNotícias

O central do ABC, Pedro Seabra, teve esta segunda-feira um justo prémio ao ser chamado pelo selecionador Paulo Pereira para o estágio da Seleção, que começa hoje no Luso. O futuro jogador do Benfica bem pode ser considerado o MVP da final-four da Taça de Portugal, disputada em Fafe, tendo realizado duas exibições soberbas na conquista da turma de Braga, que venceu o FC Porto e o Sporting na final.

"Não foi uma época fácil, pois começámos por perder a Supertaça, éramos candidatos ao título e acabámos em 5º lugar. Fazer o meu último jogo pelo ABC e ganhar um troféu é uma enorme alegria", considerou Pedro Seabra, sem assumir, ainda, a sua ida para o Benfica, onde será acompanhado pelo treinador Carlos Resende, e pelos companheiros Ricardo Pesqueira e Carlos Martins.

Pedro Seabra, de 27 anos, tem tido algumas adversidades na carreira, mesmo tendo sido vice-campeão europeu de juniores e vencedor da Challenge pelo Sporting em 2010, quando ganhou o Prémio Stromp. A chegada de Branislav Pokrajac a Alvalade atirou-o para o ABC, por ser ‘muito baixo’ (1,79 m), mas em Braga não parou de ganhar.

Conquistou mais uma Challenge, um Campeonato, uma Taça e uma Supertaça: "Cheguei ao Sporting aos 19 anos com muitos projetos, mas nem tudo correu bem com a chegada do novo treinador. Quando fui para o ABC a situação não era fácil, mas agora o clube pode ganhar qualquer competição. Fui muito acarinhado quando mais precisava, acabei o meu curso. Foram anos fantásticos", agradeceu o também campeão mundial universitário (2014).

O médico, que até viu a sua tese de mestrado ser publicada numa conceituada revista americana, vai dedicar-se mais ao andebol: "Estou focado no meu novo projeto, mas não me vou desligar da Medicina."

Paulo Pereira privilegia a defesa

O selecionador Paulo Pereira explicou quais os critérios das suas convocatórias, privilegiando jogadores polivalentes, que sabem atacar e defender. "A primeira pergunta que faço quando contacto um jogador que interessa à Seleção é a seguinte: ‘Defendes ou não defendes?’ As diferentes Seleções têm sido construídas a pensar no ataque, mas eu tenho uma filosofia diferente. Quem ataca, tem de defender, para não se perder intensidade. Nos recentes jogos com a Suíça, não foram necessárias trocas defesa-ataque", considerou Paulo Pereira, que inicia esta terça-feira um estágio no Luso com a Seleção Nacional.

Com a entrada de Seabra, a convocatória fica com 21 jogadores, entre os quais três centrais, contando com os do FC Porto, Rui Silva e Miguel Martins. Portugal vai preparar os embates com Alemanha e Eslovénia, que se realizam, respetivamente, dia 14 (Gondomar) e a 17 (Koper), nos jogos decisivos do Grupo 5 de apuramento para o Europeu da Croácia, em 2018, que qualifica os dois primeiros (a equipa das quinas está em 2.º).

Por Alexandre Reis
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Andebol

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.