Selecionador português considera "obrigatório" vencer jogos com a Suíça

Paulo Jorge Pereira não esconde aspirações ao apuramento para o Euro'2018

• Foto: MOVENOTÍCIAS

O selecionador português de andebol considerou este sábado "obrigatório vencer" os próximos dois jogos com Suíça para manter as aspirações ao apuramento para o Campeonato da Europa de 2018, que se disputa na Croácia.

"Temos de encarar este duplo confronto com o máximo pragmatismo. É obrigatório vencer para continuar a pensar na qualificação. Não vale a pena fazer outras contas", disse Paulo Jorge Pereira, em declarações à agência Lusa.

O técnico falava à margem da conferência de imprensa de anúncio dos 19 convocados para as duas partidas, realizada em Loulé, cidade que vai acolher, em 7 de maio, o duelo caseiro com a Suíça, três dias depois do confronto no país helvético, em Biel/Bienne.

Após duas rondas, a Alemanha lidera o Grupo 5 da fase de qualificação para o Europeu de andebol, com quatro pontos, enquanto a Eslovénia soma três, Portugal um e a Suíça ainda não pontuou, num agrupamento que o selecionador português designou como o "cabo das tormentas".

"A Alemanha é a atual campeã europeia em título e a Eslovénia foi medalha de bronze no último Mundial, enquanto a Suíça, no último confronto com os alemães, perdeu apenas por um golo de diferença", justificou.

Depois da derrota com os alemães (34-24), na jornada inaugural, e do empate caseiro com a Eslovénia (26-26), Portugal está agora obrigado a vencer para continuar a pensar nos dois primeiros lugares da classificação, que garantem vagas diretas na competição continental, sendo que o melhor terceiro classificado dos sete grupos também se apura.

"Não há outro resultado possível, apesar do grau de dificuldade elevado que nos espera. A Suíça é hoje uma seleção muito melhor do que aquela que defrontámos em anos anteriores, em que três ou quatro jogadores mais experientes equilibram uma nova geração muito interessante", comentou Paulo Jorge Pereira.

Entre os 19 convocados, que iniciam o estágio em Vilamoura no dia 30 de abril, destaque para os regressos do guarda-redes Hugo Figueira, que substitui Ricardo Candeias (ausente por lesão) face à última convocatória, e do primeira linha Wilson Davyes.

O FC Porto é o clube mais representado na convocatória de Paulo Jorge Pereira, com cinco jogadores.

Lista de convocados:

Guarda-redes: João Moniz (Belenenses), Alfredo Quintana (FC Porto) e Hugo Figueira (Benfica).

Segunda linha: Fábio Antunes (Benfica), Diogo Branquinho (ABC), Pedro Portela (Sporting), António Areia (FC Porto), Tiago Rocha (Orlen Wisla Plock/Pol), Daymaro Salina (FC Porto) e Ricardo Pesqueira (ABC).

Primeira linha: Rui Silva (FC Porto), Wilson Davyes (Cesson-Rennes/Fra), Miguel Martins (FC Porto), Gilberto Duarte (Orlen Wisla Plock/Pol), Nuno Pereira (Créteil/Fra), Alexandre Cavalcanti (Benfica), Fábio Magalhães (Madeira SAD), Jorge Silva (Granollers/Esp) e Miguel Baptista (Avanca).

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Andebol

Notícias

Notícias Mais Vistas