Sporting derrotado pelo Montpellier na Liga dos Campeões

Franceses mais fortes vencem 33-29

• Foto: Miguel Barreira

O Sporting foi hoje derrotado pelos franceses do Montpellier, por 33-29, e somou o terceiro desaire na Liga dos Campeões, em jogo da quinta jornada do grupo D, disputado no Pavilhão João Rocha, em Lisboa.

Depois do triunfo tangencial sobre os russos do Chekhovskie Medvedi (31-30), na ronda anterior, os leões, que têm quatro pontos, cederam perante o líder do grupo, com 10, o qual mantém um registo 100% vitorioso esta época, tanto no campeonato gaulês como na competição europeia (cinco vitórias em cada uma delas).

As dificuldades esperadas confirmaram-se no decorrer do encontro, durante o qual o Montpellier construiu importantes vantagens, tendo como destaques individuais Jonas Truchanovicius e Melvyn Richardson, ambos com seis tentos anotados.

O favoritismo francês começou a fazer-se notar desde o arranque, sendo que, nos primeiros cinco minutos, os verdes e brancos não conseguiram marcar qualquer golo, algo que só viria a suceder com um 'bis' de Nikcevic, que colocou o resultado em 6-2.

Com o passar dos minutos, o Montpellier foi alargando a vantagem, chegando aos nove golos de diferença a meio do primeiro tempo (16-7), perante as dificuldades do Sporting em travar as incursões francesas.

Desta forma, não foi de espantar que o resultado ao intervalo fosse favorável aos visitantes por 19-11. A interrupção acabou por ser boa conselheira para os ?leões', aliada à exibição do guarda-redes leonino Cudic, que, na etapa complementar, anulou as intenções dos gauleses em várias ocasiões.

Os esforços de Edmilson Araújo (autor de seis golos), Pedro Valdés, Pedro Portela e Michal Kopco, os três com quatro golos marcados, tiveram efeitos práticos sobretudo a partir dos últimos 10 minutos, quando o Sporting começou a aproveitar o maior relaxamento do oponente e conseguiu reduzir a diferença para quatro golos (29-25).

Ainda assim, o lateral direito francês Melvyn Richardson, em dia de grande acerto, ajudou a manter os números a vantagem do Montpellier, que deu mais um passo seguro rumo à qualificação para a próxima fase.

Os dois conjuntos voltarão a encontrar-se a 4 de novembro, em França, na partida da sexta jornada.

Jogo realizado no Pavilhão João Rocha, em Lisboa.

Sporting - Montpellier, 29-33.

Ao intervalo: 11-19.

Sob a arbitragem de Amar Konjicanin e Dino Konjicanin, da Bósnia-Herzegovina, as equipas alinharam e marcaram:

Sporting: Matej Asanin (gr), Pedro Valdés (4), Pedro Portela (4), Michal Kopco (4), Bosko Bjelanovic, Frankis Marzo (3), Aljosa Cudic (gr), Tiago Rocha (1), Carlos Carneiro (2), Edmilson Araújo (6), Manuel Gaspar (gr), Ivan Nikcevic (2), Janko Bozovic (1) e Felipe Borges (2).

Treinador: Hugo Canela.

Montpellier: Vincent Gerard (gr), Kylian Villeminot, Teophile Causse (2), Jonas Truchanovicius (6), Aymen Toumi (4), Michael Guigou, Nikola Portner (gr), Melvyn Richardson (6), Vid Kavticnik (3), Baptiste Bonnefond (2), Jean Loup Faustin, Ludivic Fabregas (2), Valentin Porte (4), Arnaud Bingo (2), Benjamin Afgour (2) e Mohamed Soussi.

Treinador: Patrice Canayer.

Marcha do marcador: 0-4 (05 minutos), 2-7 (10), 5-11 (15), 7-16 (20), 9-16 (25), 11-19 (intervalo), 14-21 (35), 17-25 (40), 20-27 (45), 21-28 (50), 26-30 (55) e 29-33 (resultado final).

Assistência: 1.502 espetadores.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Andebol

Notícias

Notícias Mais Vistas