Sporting entre os 13 candidatos para ocupar sete vagas na Champions

FC Porto está garantido e o Benfica vai defender a conquista na Liga Europeia

Sporting tenta ir à Champions, algo que o FC Porto já sabe que tem como garantido por ter sido campeão.
Sporting tenta ir à Champions, algo que o FC Porto já sabe que tem como garantido por ter sido campeão. • Foto: Victor Sousa/Movephoto
O Sporting está entre os 13 candidatos para ocupar as sete vagas na Liga dos Campeões 2022/23, na qual já está garantido o campeão nacional FC Porto, informou esta quinta-feira a Federação Europeia de Andebol (EHF).


Os leões, segundos classificados no campeonato nacional, atrás dos dragões, que constam no quadro principal de nove equipas com lugar fixo, candidataram-se aos 'wild-cards', juntamente com o Aalborg (Dinamarca), Granollers (Espanha), Nantes (França), Veszprém (Hungria), Wisla Plock (Polónia), Minaur Baia Mare (Roménia), todos vice-campeões nas provas domésticas.

Por outro lado, as equipas PPD Zagreb (Croácia), Elverum (Noruega), Celje Pivovarna Lasko (Eslovénia), Kadetten Schaffhausen (Suíça), Ystads (Suécia) e Motor (Ucrânia) fazem parte da Liga Europeia, conquistada pelo Benfica na última edição, efetuaram pedidos de 'upgrade' para a principal competição. As águias vão defender a prova conquistada em 2021/22.

Além do FC Porto, as restantes equipas com lugar assegurado na 'Champions' são o FC Barcelona (Espanha), Magdeburgo (Alemanha), GOG (Dinamarca), Paris Saint-Germain (França), Pick Szeged (Hungria), Kielce (Polónia), Dínamo Bucareste (Roménia) e Kiel (Alemanha).

O grupo de avaliação da EHF preparará as recomendações na sexta-feira, com a formação final da nova temporada a ser anunciada em 27 de junho. O sorteio da fase de grupos está agendado para 01 de julho.

Em sentido inverso, o Comité Executivo da Federação Europeia de Andebol tinha decidido, na sexta-feira, que o campeão macedónio Vardar não cumpriu os critérios de admissão às competições europeias da EHF para a época 2022/23.

A decisão do Comité é o culminar de um período de quase dois anos em que o organismo tentou resolver a questão da falta de pagamentos aos jogadores contratados pelo clube, sendo que, ainda assim, tentou manter o emblema de Skopje ao mais alto nível.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Andebol

Notícias

Notícias Mais Vistas