Sporting procura rara dobradinha

Final Four da Taça na Régua

• Foto: Paulo Calado

Com lotação esgotada, a Final 4 da Taça de Portugal disputa-se este sábado (meias-finais) e domingo (final) no Pavilhão Municipal de Peso da Régua, com o bicampeão Sporting à procura da tão ambicionada dobradinha, um feito pouco comum em 46 anos de história, quando a partir da temporada de 1971/72 passaram a ser disputadas, em simultâneo, as duas provas do calendário nacional.

Os leões foram, por sinal, o último clube a alcançar a dobradinha (2000/01) pela quarta vez no seu palmarés. Mas a lista é muito restrita, só mais com o recordista ABC (7) e Belenenses (1).
Voltando à Taça, o Sporting é o emblema com mais tradições na competição, pois, para além de deter o recorde de troféus conquistados (15), poderá também atingir a sua terceira final consecutiva, depois de perder, no prolongamento, com Benfica (2015/16) e ABC (2016/17), respetivamente.

A tarefa não será fácil, no entanto, para a turma de Alvalade, que, depois de uma semana conturbada, dada a suspeita de compra de resultados na época de 2016/17, se despediu do campeonato com uma derrota em casa frente ao FC Porto no último sábado, o mesmo adversário de hoje, que aparece na região do Douro com a ambição de salvar a temporada.

Quanto ao Benfica, encontra-se na mesma situação dos dragões, mas com a tarefa teoricamente mais facilitada no caminho para a final, pois terá pela frente o ‘tomba-gigantes’ FC Gaia, que milita na 2ª Divisão e vai estar desfalcado do capitão Pedro Carvalho e de Ricardo Ramos, ambos lesionados.
O ausente ABC, detentor do troféu e 4º no campeonato, fica à espreita de poder jogar a Taça Challenge, no caso de o FC Gaia falhar a final.

Por Alexandre Reis
2
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Andebol

Notícias

Notícias Mais Vistas