Vitória caseira deixa Madeira SAD a um passo da final da Taça Challenge

Insulares bateram o AEK Atenas por 27-22

O Madeira SAD ficou este sábado a um passo da final da Taça Challenge, ao vencer os gregos do AEK Atenas por 27-22, no Pavilhão do Funchal, na primeira mão das meias-finais.

Os insulares, que enfrentam a formação helénica nas meias-finais da prova europeia pelo segundo ano seguido, redimiram-se da derrota (29-21) sofrida na Madeira, em 2018, que custou a ida à final.

Uma entrada forte da turma de Paulo Fidalgo resultou numa vantagem de 3-0, aos sete minutos. O AEK ainda conseguiu dar a volta ao marcador a meio da primeira parte, na única vez em que esteve na frente do marcador (6-7), mas o Madeira SAD recuperou e foi para o intervalo a ganhar por 12-10.

A equipa madeirense foi consolidando a liderança na segunda parte, sobretudo nos últimos 15 minutos, e chegou a estar a vencer por 27-19, à passagem do minuto 57, para euforia do público que, uma vez mais, praticamente encheu o Pavilhão do Funchal.

Acabou, no entanto, por não voltar a marcar e os visitantes aproveitaram para reduzir a diferença em três golos, todos eles apontados pelo dinamarquês Lars Jakobsen.

O melhor marcador do encontro foi o ponta esquerda Ulisses Ribeiro, com nove golos, seguido dos jogadores do AEK Atenas Maros Balaz (seis) e Lars Jakobsen (cinco).

A segunda mão, que decide quem vai à final da Taça Challenge, disputa-se no próximo sábado, 27 de abril, na capital grega Atenas, pelas 16:00 locais (14:00 em Lisboa).

Jogo no Pavilhão Gimnodesportivo do Funchal.

Madeira SAD - AEK Atenas, 27-22.

Ao intervalo: 12-10.

Sob a arbitragem dos suecos Rickardo Canbro e Jasmin Kliko, as equipas alinharam e marcaram:

- Madeira SAD: Pedro Silva, Hugo Lima, Valter Soares (1), João Martins, Ulisses Ribeiro (9), Daniel Santos (2), Luís Carvalho, Bruno Landim, Elias António (4), Rúben Sousa (2), João Miranda, Elledy Semedo (4), Pedro Peneda (4), Gustavo Capdeville e Francisco Pereira (1).

Treinador: Paulo Fidalgo.

- AEK Atenas: Zampounis (1), Nikolaidis, Rozsavolgyi, Syngaris, Balaz (6), Radulovic (1), Alvanos, Bagios, Jakobsen (5), Papadionysiou, Dompris (2), Mylonas (3), Argyrou (1), Palevicius (1) e Vrazalica (2).

Treinador: Nikolaos Grammatikos.

Marcha do marcador: 2-0 (05 minutos), 5-4 (10), 6-7 (15), 9-7 (20), 10-8 (25), 12-10 (intervalo), 13-10 (35), 17-13 (40), 18-15 (45), 22-16 (50), 25-19 (55) e 27-22 (resultado final).

Assistência: Cerca de 500 espetadores.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Andebol

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.