Antigo assessor da Federação Internacional de Atletismo foi irradiado

Habib Cissé foi afastao pelo Comité de Ética no âmbito do caso de corrupção que abalou o organismo mundial

Lamine Diack
Lamine Diack • Foto: Reuters

O ex-assessor do antigo presidente da Federação Internacional de Atletismo (IAAF), Habib Cissé, foi irradiado pelo Comité de Ética, no âmbito do caso de corrupção que abalou o organismo mundial.

O Comité de Ética da IAAF anunciou ainda que o antigo conselheiro de Lamine Diack, presidente do organismo entre 1999 e 2015, foi multado em 22.612 euros, após ter infringido o código de ética e de integridade da entidade que regula o atletismo mundial.

A justiça francesa pretende levar a julgamento o senegalês Lamine Diack, ex-patrão do atletismo mundial, e o seu filho Papa Massata Diack, suspeitos de atos de corrupção, para encobrimento de casos de 'doping'.

Lamine Diack deverá responder por "corrupção ativa e passiva", "branqueamento de capitais e crime organizado", num processo que envolve mais quatro pessoas além do seu filho.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Atletismo

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.