Candidatura de Lisboa agrada à IAAF

Carlos Móia reuniu-se com Sebastian Coe tendo em vista o Mundial de Meia-Maratona em 2020

• Foto: Miguel Barreira

Aproveitando a realização do Mundial de Meia-Maratona em Cardiff, Carlos Móia deslocou-se ao País de Gales onde se reuniu com Sebastian Coe, presidente da Federação Internacional de Atletismo (IAAF). Motivo: falar da possibilidade de Lisboa ser o palco da edição de 2020 da prova.

"Ficaram muito entusiasmados e gostaram muito da ideia", referiu o presidente do Maratona Clube de Portugal sobre o encontro. Móia sublinha que a IAAF "gosta muito de Lisboa" e que reconhece qualidade na Meia-Maratona da capital. "Veem na ‘Meia’ de Lisboa uma prova super-rápida, muito propícia a recordes. Além disso, Lisboa é uma cidade que está na moda", frisou. Durante a presença em Cardiff, a IAAF destacou ainda os recordes mundial em cadeiras de rodas, conseguidos precisamente em Lisboa pelos atletas britânicos David Weir (42,23 m) e Rochella Woods (49,49 m). "Todos me dizem que são tempos inacreditáveis", conta Carlos Móia.

Coe por cá em breve

A edição de 2018 do Mundial de Meia-Maratona será disputada em Valência, na vizinha Espanha, e Lisboa terá de apresentar oficialmente a candidatura no próximo ano. Prometida está uma visita de Sebastian Coe a Lisboa, que deverá acontecer num futuro próximo. Tal como a Meia-Maratona de Lisboa, a prova deverá juntar profissionais e atletas amadores.

Carlos Móia referiu ainda que há "apoio total" por parte do secretário de Estado da Juventude e Desporto, João Wengorovius Meneses, bem como do presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, e do líder da Federação Portuguesa de Atletismo.

Por Lídia Paralta Gomes
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Atletismo

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.