Europeu de crosse: El Kalai ausente

O português com melhores resultados no início da época

Europeu de crosse: El Kalai de fora
Europeu de crosse: El Kalai de fora

A seleção portuguesa de corta-mato para os Europeus, não conta com Youssef el Kalai, o português com melhores resultados no início da época e medalha de bronze no ano passado.

El Kalai foi 12.º classificado, e quarto melhor europeu no crosse de Atapuerca, Espanha, no arranque do circuito mundial de corta-mato, mas não participou em nenhuma das provas que a FPA definiu como "de observação", ou seja Felgueiras, Torres Vedras e Amora.

O atleta de origem marroquina, no entanto, anunciou estar "disponível" para a seleção, mas a FPA optou por não o convocar mesmo, com a seleção a "respeitar" totalmente os pódios de Torres Vedras e Amora.

As seleções seniores para Velenje, Eslovénia, são substancialmente mais fracas do que as que foram campeã e vice-campeã no ano passado, em Albufeira, registando-se ausências de primeiros planos por falta de forma, suspensões ou simplesmente opção.

Dos oito atletas que chegaram no ano passado até 10.ª, só estão Ana Dulce Félix, terceira em Albufeira e recente vencedora na Amora, e a veterana Ana Dias, que foi 10.ª há um ano e vai vestir pela 12.ª vez a camisola da seleção em Europeus.

Anália Rosa também se mantém na seleção, que se completa com Doroteia Peixoto e Ercília Machado, ambas em estreia nos seniores, e Leonor Carneiro (vencedora em Torres Vedras), que regressa após três anos e paragem por maternidade.

A equipa perde a campeã em título, Jessica Augusto, recente desistente na maratona de Nova Iorque e no crosse de Torres Vedras, que ainda não regressou à boa forma, Marisa Barros, que foi sexta (dá prioridade à preparação da maratona em 2012), e Sara Moreira, que foi nona (suspensa preventivamente por doping, a aguardar decisão disciplinar).

A mudança é mais acentuada em masculinos, já que apenas transita de uma seleção para outra José Rocha, que no ano passado foi 40.º e sexto luso na meta.

Saem El Kalai, Eduardo Mbengani, sétimo (está suspenso por doping), Rui Pedro Silva, que foi oitavo (suspenso por dupla inscrição), Rui Silva (por opção não fez corta-mato) e ainda Licínio Pimentel.

Regressam à equipa Pedro Ribeiro, Rui Teixeira e Ricardo Ribas e estreiam-se Bruno Jesus e Tiago Costa, que parece ser o atleta mais cotado de momento, no grupo.

Tiago Costa, que ganhou em Torres Novas, competiu no ano passado em sub-23, terminando no sétimo lugar.

Nos escalões jovens, o grande destaque vai para Rui Pinto, um dos principais favoritos para o título, depois de ter sido sexto há dois anos e terceiro no ano passado.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Atletismo

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.