Federação russa investiga atletas por alegada fuga a controlos antidoping

'Misteriosos' abandonos registados numa competição nacional

Richard McLaren elaborou relatório que denunciou um programa institucionalizado de dopagem na Rússia
• Foto: Reuters

A Federação Russa de Atletismo anunciou esta quarta-feira que está a investigar vários atletas por se terem retirado de uma competição nacional, aparentemente para evitar controlos antidoping.

Segundo a federação, vários atletas retiraram-se de uma competição realizada sob a sua égide em Orenburg, tendo mesmo uma final feminina contado com apenas três participantes.

A Rússia está proibida Federação Internacional de Atletismo (IAAF) de participar em competições internacionais da modalidade devido a um escândalo de doping.

A agência britânica que desde o ano passado tem recolhido amostras para análise já reportou casos de atletas que tentam evitar os testes antidoping retirando-se das competições, e de outros que fornecem a amostras falsas.

O escândalo de doping na Rússia foi conhecido após um relatório do jurista canadiano Richard McLaren, solicitado pela Agência Mundial Antidopagem (AMA), que denunciou um programa institucionalizado de dopagem no país.

Por Lusa
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Atletismo

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0