Siga o nosso canal de WhatsApp e fique a par das principais notícias. Seguir

IAAF prolonga suspensão de 'braço direito' do presidente do organismo

Nick Davies suspeito suspeitos de receber dinheiro para ocultar casos de doping na Rússia

• Foto: Getty Images
A suspensão provisória de Nick Davies, 'braço direito' de Sebastian Coe, presidente da Associação das Federações Internacionais de Atletismo (IAAF), foi prolongada até 31 de janeiro, comunicou esta quarta-feira a comissão de ética do organismo.

Davies está suspenso no âmbito do escândalo de doping com a Rússia e as suas ramificações dentro da própria IAAF.

A comissão de ética decidiu também prolongar as suspensões de Jane Boulter-Davies, funcionária da IAAF, e Pierre-Yves Garnier, que era responsável dentro da associação pelos passaportes biológicos.

A extensão das suspensões provisórias dos três elementos da IAAF foi decidida de forma a permitir a "conclusão do processo disciplinar de investigação", com a possibilidade de audições, indicou o comité de ética,

Nick Davies, Jane-Boulter Davies e Pierre-Yves Garnier são suspeitos de terem recebido dinheiro da parte de Papa Massata Diack, filho do ex-presidente da IAAF Lamine Diack, para ocultarem casos de doping na Rússia.

O antigo presidente enfrenta a acusação de corrupção passiva e lavagem de dinheiro e o seu filho, antigo consultor de marketing do organismo, é suspeito de ser um dos principais intervenientes no sistema, e sobre ele recai um mandado de captura.

A Rússia foi suspensa pela IAAF em novembro de 2015, o que impediu os seus atletas de competirem nos Jogos Olímpicos Rio'2016.
Por Lusa
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Atletismo

Notícias

Notícias Mais Vistas