Inês Henriques e Ana Cabecinha no top 5 da marcha

Portugueses ocupam o quarto e quinto postos

As portuguesas Inês Henriques e Ana Cabecinha terminaram a época entre as cinco primeiras do circuito de marcha atlética da Associação Internacional das Federações de Atletismo (IAAF), no terceiro e quinto lugares, respetivamente.

A chinesa Shijie Qieyang sagrou-se vencedora do circuito, após a oitava prova, disputada no passado fim de semana, em Shuzhou, na China, onde foi segunda classificada.

Qieyang, vencedora em Rio Maior e na Corunha, somou 34 pontos, mais 11 do que a brasileira Erica de Sena, campeã em 2017, enquanto Inês Henriques, campeã europeia e mundial dos 50 quilómetros, terminou no terceiro posto, com 22, depois dos terceiros lugares em Monterrey e em Rio Maior e do quinto na Corunha

Ana Cabecinha terminou o Challenge no quinto posto, com 15 pontos, atrás da chinesa Wang Yngliu (18).

Edna Barros e Mara Ribeiro ainda pontuaram para o circuito, mas ficaram de fora das oito primeiras.

No setor masculino, o equatoriano Andres Chocho, quarto em Rio Maior, venceu o circuito, com 25 pontos, mais um do que o colombiano Eider Arevalo, campeão mundial em 2017 e vencedor em Suzhou, naquela que foi a menor diferença de sempre entre os dois primeiros nas 12 edições da competição.

O sul-africano Lebogang Shange e o espanhol Diego Garcia Carrera somaram 22 pontos, enquanto o mexicano Jose Leyver Ojeda fechou o top 5, com 18.

O circuito Challenge atribui prémios monetários idênticos, começando com 25 mil dólares (cerca de 21.200 euros) para os vencedores, 15 mil (12.750 euros) para os segundos, 10 mil (8.500 euros) para os terceiros, oito mil (6.800) para os quartos e sete mil (5.950) para os quintos.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Atletismo

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.