Mariana Machado e Miguel Marques vencem São Silvestre de Lisboa

A 'guerra dos sexos' na capital portuguesa está mais equilibrada

• Foto: Lusa
Mariana Machado venceu a São Silvestre de Lisboa na prova feminina e Miguel Marques foi o vencedor entre os homens, com as mulheres a triunfarem na já mítica 'guerra dos sexos' proporcionada pela prova lisboeta.


Ao partirem com 4.26 minutos de vantagem, as mulheres deram o tiro de partida para a prova em Lisboa e desde cedo Mariana Machado, atleta do Sporting de Braga e vencedora em 2021, tomou de 'assalto' a liderança, fazendo a prova quase toda sozinha e terminando com o tempo de 32.53 minutos, à frente de Vanessa Carvalho e Dulce Félix, segunda e terceira classificadas, respetivamente.

Na prova masculina, o vencedor foi Miguel Marques, com o tempo de 29.10 minutos, que assim somou o seu primeiro triunfo na São Silvestre da capital portuguesa. O atleta do Sporting superou a concorrência de Francisco Rodrigues e David Silva, ambos atletas do Sporting de Braga, que foram segundo e terceiro classificados, respetivamente.

Com este triunfo feminino, a 'guerra dos sexos' na capital portuguesa está mais equilibrada, mas ainda com os homens na liderança, com sete triunfos face aos seis femininos.

A 15.ª edição da São Silvestre de Lisboa bateu o seu recorde de inscrições: o número havia baixado, em 2021, das habituais 12.000 para 8.000, mas este ano subiu novamente e fixou-se nos 12.500 inscritos, entre os quais estiveram mais de 4.000 mulheres e atletas de 49 nacionalidades diferentes.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

Ultimas de Atletismo

Dia 7: Olá, Iten!

Jornalista Record está no Quénia a treinar junto dos atletas locais e partilha a sua experiência

Poesia em movimento

Jornalista Record está no Quénia a treinar junto dos atletas locais e partilha a sua experiência

Notícias

Notícias Mais Vistas