Mariana Machado vence no regresso das provas populares a Portugal

'Corrida EDP Lisboa, a Mulher e a Vida' contou com mais de 4.500 participantes

Mariana Machado, do Sp. Braga, venceu este domingo a Corrida EDP Lisboa, a Mulher e a Vida, a primeira prova popular com participação massiva de atletas realizada em Portugal depois de uma longa paragem provocada pela pandemia de Covid-19. Ao todo, segundo a organização, participaram 4.652 participantes, numa prova que serviu para relançar a corrida popular no nosso país e também de teste do protocolo de prevenção anti-Covid-19 para os eventos futuros, nomeadamente a maratona e a meia maratona de outubro.

Com um pelotão integralmente feminino, Mariana Machado foi a mais forte nos 5 quilómetros, relegando Lia Lemos para o segundo posto e Sara Moreira para o terceiro, compondo um pódio que juntou a experiência da conceituada atleta do Sporting e a juventude de Mariana e Lia, duas das mais promissoras atletas nacionais.

Para lá do aspeto competitivo, destaque para o objetivo principal desta prova, que passava por angariar fundos para o rastreio do cancro da mama. Ao todo foram doados 15.380,00 euros à Liga Portuguesa Contra o Cancro. Por outro lado, em dia de luto nacional pela morte de Jorge Sampaio, Carlos Moia fez questão de homenagear o antigo Presidente da República, tendo todas as atletas de elite presentes utilizado um laço preto nos seus equipamentos de competição em jeito de homenagem.

A edição de 2022 já tem data marcada para 15 de maio 2022.

Por Fábio Lima
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Atletismo

Notícias

Notícias Mais Vistas