Marina Arzamasova suspensa quatro anos por doping

Atleta bielorussa estava suspensa provisoriamente desde agosto de 2019

A atleta bielorussa Marina Arzamasova, campeã do mundo dos 800 metros em 2015, foi suspensa por quatro anos, na sequência de um teste positivo que revelou o consumo de ligandrol, um agente anabolisante, foi esta sexta-feira anunciado.

Segundo a Unidade para a Integridade do Atletismo (AIU), a substância em causa encontrada no organismo da atleta de 32 anos age sobre os recetores endógenos e a massa muscular.

Arzamova, que já tinha sido campeã da Europa em 2014, estava suspensa provisoriamente desde agosto de 2019, o que já a tinha impedido de correr nos Mundiais de Doha, em 2019.

O tempo entretanto decorrido conta, pelo que o castigo se prolonga até 28 de julho de 2023.

A atleta, detentora de um recorde pessoal de 1.57,54 minutos em 2015, estava longe dos seus melhores momentos e desde 2016 que não baixava da barreira dos dois minutos nos 800 metros.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Atletismo

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.