Ministro russo acredita no levantamento das sanções aos atletas antes dos Jogos

IAAF manteve suspensão em reunião

O ministro russo do Desporto, Vitali Mutko, afirmou esta sexta-feira que não vê "obstáculos intransponíveis" no sentido de a federação internacional de atletismo (IAAF) levantar as sanções aos atletas daquele país a tempo de participarem nos Jogos Olímpicos.

Revelando confiança numa decisão positiva até maio, tendo em conta a expansão até esse mês, hoje anunciada, da punição à Rússia, o dirigente diz não ver "como o assunto não fique resolvido até lá".

Mutko afirmou que a Rússia está a fazer os possíveis para que se cumpram os critérios da IAAF, mas insistiu na crença de que a responsabilidade, no que diz respeito ao uso de substâncias ilícitas, deve ser pessoal: "Quando se trata de doping, ninguém pode dar garantias".

"Tem a ver com as opções individuais e é por isso que digo que a responsabilidade também o deve ser", disse o ministro.

Os atletas russos foram banidos das competições internacionais em novembro, conforme recomendação da Agência Mundial Antidoping (AMA) à IAAF.

Hoje, o conselho da IAAF, hoje reunido no Mónaco, decidiu estender essa suspensão pelo menos até maio, seguindo a recomendação da missão de acompanhamento às reformas realizadas pelos russos.

Rune Anderson, o norueguês que acompanha o processo encetado pela federação russa da modalidade, referiu perante a comissão que houve "progressos significativos" em termos de combate ao doping, mas que "ainda há muito trabalho por fazer" por parte da RusAF para cumprir os critérios definidos.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Atletismo

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.