Mundiais: Salomé Rocha fica em 28.º na maratona

Atleta portuguesa chegou a andar bem colocada, mas não resistiu às condições de prova

A portuguesa Carla Salomé Rocha foi a 28.ª colocada na maratona dos Mundiais de atletismo, que esta madrugada decorreu em Doha, no Qatar, isto depois de até ter sido uma das atletas em maior evidência na fase inicial da prova. A atleta lusa, de 29 anos, acabou por não resistir às complicadas condições atmosféricas que se registavam à hora da prova, com mais de 30 graus centígrados e uma humidade superior a 70%, cedendo muito tempo na segunda metade dos 42,195 quilómetros.

Salomé Rocha, que era uma das atletas com melhor recorde pessoal em prova, iniciou a sua participação de forma conservadora, subindo de forma gradual dos 10 aos 20 quilómetros, fase na qual se estabeleceu no top-10. Tudo mudaria logo depois, com uma passagem aos 25 quilómetros já no 17.º posto, isto depois de um primeiro sinal de fadiga que a obrigou mesmo a parar momentaneamente. A atleta lusa continuaria a sua marcha, apesar de ter feito nova paragem aos 30 quilómetros, seguindo depois até final, para cruzar a linha de meta em 2:58:19 horas.

O título mundial foi para a queniana Ruth Chepngetich, com um modesto tempo de 2:32:43, à frente de Rose Chelimo, do Bahrein, com 2:33:46, e de Helalia Johannes, da Namíbia, com 2:34:15.

De notar que das 68 atletas que partiram, 23 acabaram por não chegar ao final, grande parte delas afetadas pelas brutais condições atmosféricas, com temperatura e humidade elevadas, mesmo com a prova a começar apenas à meia noite local.

Por Fábio Lima
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Atletismo

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.