Record

Nigel Levine banido quatro anos de qualquer competição

Acusado de ter recorrido ao uso de substâncias proibidas

• Foto: Reuters
O velocista britânico Nigel Levine, antigo campeão europeu, foi esta terça-feira suspenso por quatro anos, acusado de ter recorrido ao uso de substâncias proibidas, anunciou a agência antidoping do Reino Unido (UKAD).

A UKAD referiu que o teste do atleta em questão, realizado em 2017, fora de competição, acusou positivo a clembuterol, substância habitualmente indicada para a perda de gordura, tendo assim infringido os regulamentos impostos.

Levine já teria aceitado o período de suspensão de quatro anos imposto pelo UKAD, em agosto passado, apesar de argumentar que um dos suplementos que tomava teria sido adulterado sem o seu conhecimento.

No currículo do atleta britânico de 29 anos destacam-se - naquela que é a sua especialidade, os 400 metros estafeta - a medalha de ouro conquistada nos Europeus de pista coberta de 2014, a prata nos Europeus de 2012, e a medalha de bronze nos Mundiais de 2013.
Por Lusa
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Atletismo

Notícias

Notícias Mais Vistas