Organização diz que maratona do Porto terá impacto económico de 12 milhões de euros

Prova realiza-se a 4 de novembro

A 15.ª maratona do Porto, que se realiza em 4 de novembro, terá um "impacto económico de 12 milhões de euros", estimou hoje a organização da prova, baseando-se numa participação de "7.000 estrangeiros".

O evento foi esta terça-feira apresentado e deverá reunir perto de 16.000 participantes nas três distâncias previstas: a maratona, com 42,195 quilómetros, a Corrida dos Ossos Saudáveis, de 15 quilómetros, e a habitual caminhada de seis quilómetros destinada a "todas a classes etárias e sem fins competitivos".

O diretor da corrida, Jorge Teixeira, destacou que a prova já possui o grau bronze e ambiciona subir de nível, tendo como objetivo imediato a prata, o que passa por ter mais e melhores atletas.

"É a maior de Portugal", defendeu Jorge Teixeira, observando que é "a única em Portugal que tem o seu percurso homologado pela IAAF", a Associação Internacional de Federações de Atletismo, e "a mais participada do país".

O presidente da Federação Portuguesa de Atletismo, Jorge Vieira, demarcou-se da opinião manifestada por aquele responsável, concordando, porém, tratar-se de "uma excelente maratona, que ombreia com as melhores do mundo" e que este ano integra ainda o campeonato nacional da distância.

Para este dirigente, a maratona do Porto "já tem praticamente as condições" para o grau ouro, o que a colocaria entre a elite mundial da distância.

"Só temos capacidade para ter 7.500 atletas na maratona", observou Jorge Teixeira, adiantando que a organização pretende chegar aos "10.000 para o ano".

Os participantes estrangeiros representam "41% do total", provenientes de "71 países" e em média permanecem na cidade "cinco dias", daí resultando, segundo estima Jorge Teixeira, um "impacto económico de 12 milhões de euros".

Com 970 inscritos, a França é o país estrangeiro mais representado neste evento, seguindo-se a Espanha, com 535, a Itália, com 221, o Brasil, com 213, e a Alemanha, com 158.

O melhor tempo entre os atletas inscritos na 15.ª Maratona do Porto é do queniano Richard Limo, com 2:06.45 horas, 149.º melhor resultado de sempre, seguindo-se o etíope Abraham Girma, com mais três segundos, 157.º do 'ranking' mundial.

Nos homens, a participação portuguesa será liderada por José Moreira, do Sporting, Carlos Costa, do Clube Desportivo S. Salvador do Campo, de Santo Tirso, Mihail Lalev, do Braga, e Paulo Gomes, do Guilhovai, de Ovar, ao passo que nas mulheres o destaque vai para Filomena Costa, do Jardim da Serra, da Madeira, e Carla Machado, do Várzea, de Amarante.

A 15.ª maratona do Porto começa e acaba no Queimódromo, passando por Matosinhos e por Vila Nova de Gaia, desenrolando-se em grande parte ao longo da marginal marítima e fluvial dos três municípios.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Atletismo

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.