Record

Pablo Pichardo e a nacionalidade portuguesa: «É um privilégio»

Cubano agradeceu ao Benfica e ao nosso país pela oportunidade

Paulo Calado
Paulo Calado
O atleta de origem cubana do Benfica Pedro Pablo Pichardo considerou "um privilégio" já ser cidadão português, em conferência de imprensa realizada no estádio da Luz.

"Quero agradecer ao Benfica e a Portugal este privilégio. Estou disponível e em boa forma física para dar o melhor pelo clube. Isso é o mais importante", disse o atleta, cujo processo de naturalização foi célere, tendo durado somente sete meses.

Pichardo ainda ostenta a quarta melhor marca mundial no triplo salto, com 18,08 metros, sendo apenas superado pelos norte-americanos Kanny Harrison (18,09) e Christian Taylor (18,21) e pelo britânico Jonathan Edwards (18,29).

O triplista ainda não vai competir nos Mundiais de pista coberta, em março, mas futuramente estará legalmente disponível para participar em todos os compromissos internacionais que envolvem o Benfica.

"Estou muito otimista e penso continuar a evoluir. Mas, agora, o mais importante é conseguir bons resultados coletivos", constatou Pichardo, vice-campeão mundial do triplo-salto em 2013 e 2015.

Pedro Pablo Pichardo também tem como objetivo ajudar o Benfica a conquistar os diversos títulos coletivos e, quiçá, bater o recorde nacional do triplo salto que está na posse do rival sportinguista Nélson Évora, com 17,74 metros ao ar livre.

"Sim, conheço o recorde de Portugal, mas penso que é possível superar essa marca", adiantou ainda Pedro Pablo Pichardo, antecipando um acirrado duelo com o 'leão' Nélson Évora.

Fernando Tavares era um dirigente satisfeito com este anúncio de Pichardo como cidadão português.

"Quando decidimos contratar o Pedro Pablo Pichardo sabíamos que era uma aposta de risco, mas já é uma aposta ganha. O Benfica tem a ambição de ser campeão europeu de clubes de pista ao ar livre. E o Pedro faz parte dessa história", sublinhou o vice-presidente benfiquista das modalidades individuais.

"O processo de naturalização foi rápido, porque fomos profissionais, como tudo o que se passa no Benfica. O Pedro Pichardo é uma mais valia desde o início para alcançarmos o título europeu", adiantou ainda Fernando Tavares, que definiu a estratégia 'encarnada' para esta temporada.

"A aposta está muito bem definida. Vamos claramente focar-nos no setor masculino e na pista. Em 2017, fomos campeões nacionais de estrada com três atletas do triatlo. Vamos dar tiros certeiros e não para o ar", concluiu este dirigente.
Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Atletismo

Notícias

Notícias Mais Vistas