Pichardo só volta à ação em Bruxelas

Saltador cubano do Benfica não pretende apressar regresso às provas

• Foto: Paulo Calado

O benfiquista Pedro Pablo Pichardo vai regressar à competição no Meeting de Bruxelas, a 1 de setembro, com o objetivo de melhorar os 17,60 metros, quarta melhor marca mundial deste ano no triplo salto. O resultado de Pichardo abriu as portas a vários convites, mas o atleta cubano, que desde abril se encontra a treinar-se em Portugal, pretende não apressar o seu regresso às provas de forma a acautelar eventuais lesões.

Após as primeiras indicações (17,04 no Meeting do Benfica e 17,05 em Paris) , Pichardo elevou bem alto a fasquia para quem esteve quase dois anos sem competir: ganhou o Meeting de Lausana, na Suíça, com 17,60 metros, sendo o terceiro no ranking mundial de 2017, embora com a quarta melhor marca mundial, depois dos norte-americanos Christian Taylor (18,11 metros) e Will Claye (17,91 metros e 17,82 metros).

Pichardo, que recentemente completou 24 anos, sucedeu a Nelson Évora na lista de vencedores de provas da Liga Diamante entre os atletas filiados na Federação portuguesa. Nelson, que neste último ano se transferiu do Benfica para o Sporting, ganhou o triplo no Meeting de Zurique, a 28 de agosto de 2009, com 17,38 metros.

Anteriormente, Francis Obik we lu, em representação do Sporting, vencera os 100 (10,06 segundos) e 200 metros (20,12 segundos) do Meeting de Paris em 2004, pontuável para a Liga Dourada, ganhando depois em 2008 os 100 metros no Meeting de Roma (10,04 segundos).

Jéssica tenta mínimos

Jéssica Augusto é a figura mais proeminente do meeting Gold Gala Fernanda Ribeiro que se realiza esta quarta-feira, a partir das 20 horas, na pista municipal da Maia. A vice-campeã europeia de 10.000 m vai competir precisamente nesta distância, numa estreia da reunião que pretende vir a ocupar um espaço importante no calendário europeu e mundial. A atleta leonina tem aqui a sua última oportunidade para conseguir mínimos para os Mundiais de Londres, no próximo mês, e aproveitará a presença das atletas da Eritreia, que têm aqui o seu campeonato nacional.

Entretanto, o melhor saltador em comprimento da atualidade, o benfiquista Marcos Chuva, vai falhar o Meeting de Madrid, que se realiza 6ª feira. Chuva tem uma entorse num pé e para não agravar a lesão prefere abdicar da competição para marcar presença no Nacional da 1ª Divisão em Leiria, a 22 e 23 deste mês. Em Madrid vão estar alguns dos melhores atletas nacionais, tendo em vista a obtenção de mínimos para Londres. O prazo termina dia 23.

Por António Manuel Fernandes e Norberto Santos
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Atletismo

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0