Sporting pretende Yazaldes Nascimento

Guerra com o Benfica pela hegemonia no atletismo de pista ao ar livre

• Foto: Filipe Farinha
A ‘guerra’ entre Sporting e Benfica pela hegemonia do atletismo de pista ao ar livre continua e, desta feita, são os leões a quererem o concurso de Yazaldes Nascimento, que nos últimos anos tem sido o melhor corredor das águias, sucedendo a Francis Obikwelu na liderança do ranking.

Tanto quanto Record conseguiu apurar, Yazaldes Nascimento foi abordado por um responsável do Sporting que lhe terá apresentado uma proposta com números bastante animadores para os próximos anos.

O atleta, sabe o nosso jornal, também tem em mãos uma proposta do Benfica, mas os valores do Sporting são superiores.

Depois da polémica do ano passado quando cinco atletas do Benfica assinaram pelo Sporting, entre os quais Nelson Évora, os dirigentes da Luz apressaram-se a dizer que qualquer elemento que queira sair tem as portas abertas.

Apesar da idade, Yazaldes Nascimento – que falhou o Europeu de pista coberta por lesão – pode ser um bom reforço para os leões, que contam com Carlos Nascimento como primeira figura.

Com o registo de 10,16 s aos 100 metros, Yazaldes Nascimento é o terceiro português de sempre na distância a seguir a Francis Obikwelu (9,86s) e Carlos Calado (10,11s). Nascido em São Tomé e Príncipe, Yazaldes tem feito parte das Seleções Nacionais desde que obteve a cidadania portuguesa em 2006. É recordista de Portugal na estafeta de 4x100 metros e representa o Benfica desde 2008.

Jogou futebol ao lado de Nani no Real

A incursão de Yazaldes Nascimento pelo reino da velocidade demorou algum tempo. Na sua juventude chegou a praticar futebol no Sporting como infantil e iniciado e mais tarde no Real Sport Clube, onde fez alguns treinos ao lado de Nani, que em 2003 seria transferido para o Alvalade. Yazaldes era o terceiro estrangeiro e como só podiam jogar dois optou por fazer atletismo mais a sério, embora fosse no salto em altura que desse mais nas vistas. Aos poucos foi progredindo e começou a salientar-se na velocidade pura. O apoio do Benfica foi determinante para ir longe e em 2014 cumpriu o sonho: foi finalista no Europeu em Zurique nos 100 metros. Melhor do que ele só houve um atleta: Francis Obikwelu.
Por Norberto Santos
27
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Atletismo

Notícias

Notícias Mais Vistas