Trigémeas na maratona do Rio'2016

Leila, Liina e Lily Luik fazem história

• Foto: Reuters

Os Jogos Olímpicos são uma oportunidade para se revelarem histórias incríveis, que de outra maneira muito provavelmente não chegariam ao conhecimento geral. É o caso das irmãs Leila, Liina e Lily Luik, que se tornarão nas primeiras trigémeas a participar no megaevento, na prova da maratona, onde competirão com Sara Moreira, Dulce Félix e Jessica Augusto.

Estão, pois, prestes a escrever mais uma bela página na história dos Jogos Olímpicos. "Nunca houve trigémeos na competição, seja na mesma edição ou em Jogos sucessivos. Se as Luik correrem, vai ser uma estreia, vai ser histórico", frisou à agência AFP Bill Mallon um investigador dos Jogos Olímpicos, residente nos EUA.

Com tempos modestos, não se espera, pois, que as trigémeas venham a dar alguma medalha à Estónia, mas, ainda assim, pretendem melhorar as marcas pessoais. Leila é a mais rápida nos 42 km, com o tempo de 2:37 horas, bem longe do recorde mundial da britânica Paula Radcliffe, que percorreu a distância em 2:15 horas em 2013.

O futuro das irmãs, de resto, não deverá passar por continuarem no atletismo. Pretendem enveredar pela publicidade, dando a cara por uma marca de cosméticos ou a um café.

Por Ana Paula Marques
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Atletismo

Notícias

Notícias Mais Vistas