Record

Assinatura Digital Premium Saiba mais

Open de Portugal já não tem portugueses em singulares

Bernardo Atilano, o último resistente, caiu na segunda ronda

Bernardo Atilano
Portugal já não tem concorrentes individuais nos Internacionais de Portugal, a decorrer nas Caldas da Rainha, com o último resistente a ser Bernardo Atilano, que chegou à segunda ronda do quadro principal.

Atilano foi afastado pelo primeiro cabeça de série, o dinamarquês Victor Svendsen, por 2-1, com os parciais de 20-22, 21-12 e 21-13, em 47 minutos de jogo.

Na primeira ronda, Atilano jogara contra outro luso, Bruno Carvalho, vindo da fase de qualificação. A vitória de Atilano, por 2-1, foi conseguida com os parciais de 23-21, 18-21 e 21-13.

Além de Atilano, também Duarte Anjo teve direito a entrar no quadro principal, sendo-lhe atribuído o estatuto de oitavo cabeça de série. Perdeu com o polaco Adrian Dziolko, por 2-0, com parciais de 21-12 21-17.

Para o quadro principal feminino não chegaram portuguesas da fase qualificação, pelo que Sónia Gonçalves concentrou todas as atenções lusas. Viria a perder com Lin Hsiang Ti, de Taiwan, por 2-0, com 21-8 e 21-16.

A participação portuguesa no torneio ainda continua, mas só em pares: Bruno Carvalho/Tomás Nero e Duarte Anjo/Bernardo Atilano estão na segunda ronda, tal como Adriana Gonçalves/Sónia Gonçalves.

Os Internacionais de Portugal disputam-se no Centro de Alto Rendimento das Caldas da Rainha, até domingo.
Por Lusa
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Badminton

Notícias

Notícias Mais Vistas

M M