Barcelona quer cortar 70% dos salários no basquetebol

Direção blaugrana pondera regime de lay-off no clube

• Foto: EPA

Depois de terem falado com o plantel de futebol, que terá recusado a proposta, os membros da direção do Barcelona pediram também aos jogadores da equipa principal de basquetebol que renunciassem a parte do salário, como forma a ajudar o clube numa altura em que as competições estão suspensas devido à pandemia de covid-19. Neste caso, segundo ‘Mundo Deportivo’ a direção blaugrana quer cortar os salários em 70%.

A direção do Barcelona quer aplicar o regime de "layoff", em Espanha intitulado como ERTE, mas apenas e sempre que seja acordado entre o clube e os seus trabalhadores, especialmente os atletas das diversas modalidades. Este "layoff" não seria de suspensão de emprego, apenas de redução de salário.

O diário espanhol escreve ainda que o ambiente no plantel de basquetebol do Barça não é o melhor por estes dias. Malcolm Delaney decidiu, por iniciativa própria, sair de Espanha e regressar aos Estados Unidos. O base, natural de Baltimore, comunicou ao clube a sua decisão "unilateral" de regressar para junto da família, uma vez que vive sozinho na Catalunha. Antes, Delaney já se tinha feito várias publicações nas redes sociais onde criticava a decisão dos clubes impedirem os jogadores de regressarem aos países de origem enquanto as competições estiverem suspensas.

Por Andreia Candeias
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Basquetebol

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.