FC Porto impôs-se ao Maia Basket e é líder à condição

Dragões vencem por 78-50 em casa

• Foto: FC Porto

O FC Porto é líder à condição da Liga, fruto da vitória clara sobre o Maia Basket, por 78-50. Resta agora saber se o Benfica conseguirá recuperar o primeiro posto na visita à Oliveirense, agendada para amanhã.

Se o duelo desta jornada já era, à partida, difícil para o Maia Basket, mais ficou perante a ausência de Nuno Marçal (lesionado), figura de proa dos maiatos, melhor marcador do campeonato e 2º posicionado na corrida a MVP da Liga. Ainda assim, o conjunto de André Moreira conseguiu disfarçar as evidentes diferenças entre os dois plantéis durante a primeira metade, mas muito graças aos cinco triplos (quatro foram de Pedro Tavares) registados nessa etapa. Até porque era aqui que o FC Porto pecava – apenas António Monteiro conseguiu um triplo na primeira metade.

O intervalo fez muito bem à equipa de Moncho López e os terceiro e quarto períodos foram bem diferentes. O dragão resolveu acelerar e aí o Maia Basket não teve arte nem engenho para discutir o resultado por muito mais tempo. O FC Porto começou a descolar e foi formando vantagens de 13, 15 e 16 pontos no 3º parcial, até chegar aos 30 à maior (71-41), já no último período. Pelo meio uma série de 13-0, à custa de quatro triplos e um lançamento livre concretizados.

Tudo somado, a turma da casa beneficiou de um inspirado Nick Washburn, considerado o MVP da partida, mas também da eficácia de André Bessa, que saltou do banco para somar 12 pontos. O Maia Basket revelou estar dependente de Nuno Marçal e acabou o encontro com uma percentagem de 25,8% de eficácia no lançamento. E a lanterna vermelha segue nas suas mãos...

Por Flávio Miguel Silva e André Gonçalves
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Basquetebol

Notícias

Notícias Mais Vistas